Seguidores

sábado, 5 de novembro de 2011

Acento em "que"

A regra de acentuação prevê acento no vocábulo “que” quando ele é tônico. Em geral, isso ocorre nos seguintes casos:

1. QUANDO “QUE” É SUBSTANTIVO, sendo quase sempre precedido do artigo “um”: “Ele tem um quê do pai”; “Nela há um quê de sexualidade contida”.

2. QUANDO “QUE” É INTERJEIÇÃO, sendo imediatamente seguido do ponto de exclamação: “Quê! Ele disse isso?”

3. QUANDO “QUE” ESTÁ NO FIM DA FRASE, caso em que é imediatamente seguido de ponto: “Você tem fome de quê?”; “Essa árvore é um pé de quê?”; “Vou fazer o quê?”

4. QUANDO SE OMITE O VERBO USADO NA ORAÇÃO ANTECEDENTE: “O povo quando escreve troca conserto por concerto, explicar por quê (troca) é difícil”; “Dizer que há policiais corruptos é simples, mas revelar por quê (há policiais corruptos) é complicado”.

5. Na expressão SEM QUÊ NEM PRA QUÊ: “Sem quê nem pra quê, saiu vociferando impropérios”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário